Feira da Lua: Sob a luz do luar

Espaço dedicado à economia criativa, feito para conectar artesãos e clientes em uma cadeia produtiva saudável, principalmente em tempos de crise. Essa é a definição da Feira da Lua na visão da produtora do evento, Ana Cristina Alvarenga. A feira de roupas, acessórios e gastronomia, ganhadora do prêmio Top Of Mind de 2017, faz parte da agenda de eventos da cidade há 16 anos, lançou marcas e ajudou famílias a complementar a renda. “E a se descobrir e se reinventar, usando a feira como laboratório para expor o produto antes de colocá-lo na loja”, conta Alvarenga.

Em 2017, a feira apostou nos salões de beleza como parceiros e se uniu a outros eventos como o Vídeo Game Show e a Feira Capital Estudante para se manter bem sucedida. “Ninguém trabalha sozinho. As parcerias aumentam o retorno e minimizam os riscos”, avalia a produtora do evento, e considera que Brasília é uma capital jovem, receptiva a novidades.

Os reflexos da instabilidade econômica foram positivos para os expositores. Segundo Ana Cristina, muitos deles viam o artesanato como hobby. Nesse cenário, a atividade econômica passou a ser a principal em muitos círculos familiares. Em uma das feiras, realizada em setembro, de 120 expositores, 20% eram novatos, o que demonstra a rotatividade da proposta. “Somos o primeiro evento de moda dentro de um shopping [Gilberto Salomão], com 200 expositores. Em 2002, isso foi um sucesso, um estrondo, e hoje fazemos duas edições por mês”, lembra.

Os últimos dois anos foram os mais difíceis para a feira, conta a produtora. Por isso, o negócio teve de se reinventar ao lado dos parceiros. Algumas das estratégias foram lançar campanhas para incentivar o cliente a comprar diretamente de quem produz e investir no atendimento personalizado para fidelizá-lo. A ideia é tornar quem compra um amigo do fabricante, estreitar relações.

No próximo ano, grandes parcerias serão a chave do negócio. A Feira da Lua, produzida pela Lua Cheia Produções, se juntará a outras produtoras para trazer eventos inéditos à cidade, como Mercado Mundo Mix e Aloha Spirit.